Arranjos de flores

A primeira coisa a saber, seria o tamanho do espaço em que seu arranjo será colocado e escolher o tamanho do vaso de acordo com a quantidade de flores a ser utilizada.
Um vaso grande composto por um arranjo de flores proporcional, não ficará harmônico em uma parede pequena.
Um vaso pequeno, com poucas flores, também pareceria perdido em uma área de exposição maior.
Ao usar flores abertas, tais como rosas, lírios e gérberas, uma boa idéia seria girar algumas delas em ângulos diferentes e cortar suas hastes em tamanhos variados, explorando diferentes formas e conferindo movimento ao arranjo.
Procure não direcionar flores e folhagens do arranjo floral no mesmo sentido, caso o mesmo possa ser visto de vários ângulos.
Permita algum espaço entre as flores e folhagens, evitando um aspecto aglomerado.
Certifique-se de que a base do vaso seja larga e bem aderente à superfície e a altura do mesmo seja proporcional ao arranjo para que a composição não tombe facilmente. Igualmente importante é notar a boca do vaso, para que seja grande o bastante de forma que suas flores caibam confortavelmente nele.
Coloque as hastes as mais longas no centro de seu arranjo.
Quanto antes as flores receberem água, mais longa será a vida delas. Portanto, corte as hastes das flores embaixo d`água e na diagonal, além de deixar a espuma floral dos arranjos sempre úmidas. Os bouquets, ao ser embalados, podem vir acompanhados de gel específico para plantas, a base de água.

Fazendo as flores durarem mais

Usar sempre vasos ou recipientes limpos e água limpa e remover todas as folhas que ficariam submersas no vaso ou em contato com a água, impedindo que as bactérias se ploriferem.
Adicionar, sempre que possível, algum tipo de preservativo floral à água do vaso. A troca da água deverá ser feita, preferencialmente, todos os dias.
Nunca coloque seus arranjos florais expostos diretamente à luz do sol. Isto causará a perda de água das flores, desidratando-as muito rapidamente.

Mantenha-as em local fresco.

Como fazer seu próprio preservativo Floral

Espremer meio limão em um copo com água filtrada
Adicionar 2 colheres de chá com açúcar e também 2 colheres de chá com vinagre branco ao copo.
Despejar a proporção de 5% da solução preservativa à água do vaso.
– O açúcar fornece a energia.
– O limão age com acidificante.
– O vinagre impede o crescimento das bactérias.

No entanto, já se encontra à venda, diversos tipos de preservativos florais . Você os encontrará nas grandes floriculturas. Vale a pena conferir!

Para saber mais sobre formas e manejos com flores clique no link abaixo:
Cuidados com as flores